terça-feira, 18 de setembro de 2012

TRÁFICO DE ANIMAIS SILVESTRES NO BRASIL


       
Fonte Foto: http://anacristinabioifes.wordpress.com/category/uncategorized/

Uma das principais atividades clandestinas que mais movimenta dinheiro  no Brasil, é o tráfico de animais silvestres. Existe uma estimativa que cerca de  10 a 20 bilhões de dólares, no mundo, seja adquirido através do TRÁFICO DE ANIMAIS, sendo o terceiro maior no mundo perdendo apenas para o tráfico de drogas e de armas.

Devido à grande diversidade biológica da fauna existente no Brasil, o país é um grande alvo para traficantes de todo o mundo. Infelizmente o tráfico de animais silvestres retira das florestas cerca de 12 milhões de espécimes, sendo que destes, cerca de 82 % são aves, 3% répteis, 1% mamíferos e 14% outros. As aves são a classe mais traficada de animais pelo fato de partes do corpo como penas, couro e ovos serem utilizados e vendidos ilegalmente ou serem vendidos como animais de estimação.

A grande maioria dos animais capturados em vida livre morrem durante o percurso até serem destinados, ou seja, o número de animais retirados é muito maior do que os comercializados. Há uma estimativa de que a cada dez animais traficados nove acabam vindo a óbito até chegarem ao seu destino. A grande taxa de mortalidade desses animais ocorre por inúmeros fatores, como por exemplo, viagens longas em estradas, rodovias, aviões e embarcações, morrendo cerca de 10% a 40%. Também por serem capturados quando filhotes, transportados dentro de bagagens, containers, enviados por correio,etc. Todos esses meios de tráfico, causam estresse emocional nos animais, podendo levá-los a morte.

A grande maioria dos animais traficados são provenientes das regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste do Brasil, estes são vendidos por pessoas ilegalmente a beira de rodovias e em alguns locais específicos como feiras livres. Destas regiões acima citadas, os animais são transportados para as regiões Sudeste e Sul. São comercializados principalmente no eixo Rio - São Paulo ou exportados para outros países alimentando o tráfico internacional de espécies brasileiras. Em geral esses animais são comprados por pet shops, colecionadores particulares e utilizados para fins científicos.

O tráfico de animais é uma atividade altamente destrutiva que prejudica a fauna brasileira e de todo o mundo onde isto ocorre, podendo levar a extinção  muitas espécies nativas.

Um dos papeís dos zoológicos no Brasil, como por exemplo o Bosque dos Jequitibás em Campinas, é o de receber animais apreendidos pela Polícia Federal e IBAMA procedentes do tráfico. Todos os animais apreendidos, ao chegarem nos zoológicos ou centros de triagem passam por cuidados de profissionais como veterinários e biólogos. Na grande maioria das vezes, os animais chegam muito debilitados e estressados. Todos os animais apreendidos, após um período de tratamento dentro da instituição o qual foi depositado, caso não haja espaço para as espécies permanecerem no zoológico, o animal será encaminhado para outras instituições devidamente legalizadas junto ao IBAMA como outros zoológicos e criadouros.  

Os animais silvestres nascem para serem livres e não para serem  presos e comercializados!!!

Como podemos ajudar a combater o tráfico de animais silvestres no Brasil?

-Denuncie a venda ilegal dos animais através de ligação anônima e gratuita através do telefone : 0800 – 61 80 80 .

- Nunca compre animais silvestres sem procedência legal em hipótese alguma!!! DENUNCIE!!!!

- Não compre artesanatos feitos com partes de animais, como por exemplo  penas, peles,couro,bicos,dentes,ossos,escamas ou outras partes do corpo de um animal.

- Quando decidir comprar um animal de estimação lembre-se que existem milhares de animais domésticos como cães e gatos esperando por uma adoção.  

Entre aqui e veja o processo de reabilitação de aves traficadas.


 

Bibliografia:

1° Relatório Nacional sobre o Tráfico de Fauna Silvestre. RENCTAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário